Secretaria de Saúde do Congo realiza prestação de contas na Câmara Municipal de Vereadores

 

Como determina a Lei Complementar N° 141/2012, a secretaria de saúde do município do Congo realizou na noite de ontem, quinta-feira (16), a prestação de contas da parte física, que corresponde às ações desenvolvidas, e da parte financeira, referente às receitas e despesas da pasta, no 2° quadrimestre de 2017. A reunião ocorreu na sede da Câmara Municipal de Vereadores, onde estiveram, além dos parlamentares, integrantes do Conselho Municipal de Saúde, funcionários e membros da administração direta do município.

Na ocasião, a secretária de saúde, Jucileide Firmino, expôs detalhadamente os serviços prestados pelo município na referida pasta; os eventos realizados, os programas executados, justificou a interrupção de alguns investimentos e/ou serviços e a maneira como está sendo feita a compensação nas áreas onde houve corte de despesas, apresentou as demandas da saúde e explicou como a secretaria tem realizado as ações de acordo com as possibilidades financeiras. A secretária enfatizou também o empenho da gestão municipal em buscar recursos para suprir as necessidades da população, na tentativa de atender a todos da melhor maneira possível, seguindo o que determina a lei, e falou das dificuldades enfrentadas para conseguir manter os serviços em época de crise.  

Na apresentação da parte financeira, o funcionário Weliton Alexandre, responsável por explicar os números dos investimentos na área de saúde, expôs toda a movimentação financeira realizada no 2° quadrimestre de 2017. Segundo os números apresentados, oriundos do SAGRES-TCE/PB, Sistema de Contabilidade e Portal da Transparência da Prefeitura do Congo, RREO e SIOPS, até o mês de agosto o município investiu 23,79% de suas receitas na área da saúde, superando assim o percentual mínimo exigido por lei, que é de 15%.

O montante de recursos destinados a saúde nos referidos quatro meses oriundos da esfera federal foi de R$ 308.635,48. Já os recursos advindos das receitas do próprio município equivalem a ordem de R$ 737.237,82. Assim sendo, a prefeitura do Congo arcou com 70,49% dos investimentos em saúde, enquanto a União assumiu somente 29,51% do total investido entre os meses de maio e agosto deste ano.

Em relação ao total de investimentos em saúde no município do Congo neste ano de 2017, os números apontam um montante de R$ 1.325.722,82 até o término do mês de agosto, conforme os dados apresentados na prestação de contas.

Share


Rua Senado Rui Carneiro, s/n, Centro - Congo/PB
Telefone: (83) 3359-1100
Email: pmcongo@hotmail.com
Desenvolvido por CODTECH